Durante a minha trajetória, em dez anos acompanhando equipes de vendas, teve uma questão que sempre me intrigou: porque vendedores com a mesma capacidade e oportunidade tem resultados tão diferentes? Enquanto uns vendem maravilhosamente bem e ocupam as primeiras posições no ranking de vendas da sua unidade de negócio outros não conseguem o mesmo lugar de destaque.

É muito comum vermos pessoas acomodadas em suas posições, acostumadas e conformadas com os seus resultados. Pessoas que por estarem há muito tempo exercendo a mesma função acabam se fechando para novos conhecimentos. Não é difícil encontrarmos um exemplo de dois vendedores que tiveram o mesmo treinamento, tem o mesmo tempo de experiência, possuem a mesma formação acadêmica, dividem o mesmo ambiente de trabalho e alcançam resultados absurdamente diferentes. O que nos leva a pensar no que os diferencia, o que faz com que uns consigam melhores resultados do que os outros.

Será uma característica genética ou um dom? Será que alguns nascem predestinados a vender mais? Na minha opinião não é nem uma coisa nem outra, o que os diferencia é a vontade, foco determinação e esforço. Ninguém nasce médico, advogado ou contador. As pessoas aprendem suas profissões e com a venda isso não é diferente. O vendedor tem que ter dedicação e determinação. Venda é energia, é vibração, o profissional de vendas tem que estar seguro para passar confiança para o seu cliente. Todos podemos ser o que quisermos e o que vai determinar o nosso sucesso é a quantidade de energia que vamos colocar para alcançar o nosso objetivo, além  da nossa disponibilidade e vontade de aprender.

Alguns afirmam que a venda é uma arte, eu concordo e acrescento que, na minha opinião, é a profissão mais linda de todas. Ter a capacidade de vender sonhos e expectativas é muito recompensador. Sim, vender é uma arte mas também  é uma profissão e como todas as outras requer  treino, conhecimento e esforço. Não existe um perfil do vendedor ideal. Não existe a técnica de venda perfeita. Não existe a fórmula ideal para fechar negócios ou para fidelizar os clientes. A venda envolve muitas técnicas mas também muito sentimento. Talvez por essa subjetividade toda que envolve esta “arte”  alguns a confundam com um dom natural.

O principal inimigo de um vendedor é a rotina.Venda é entusiasmo! Acredite no seu potencial, mire alto, foque nas suas qualidades e desenvolva a sua forma de vender. Estabeleça as suas metas profissionais  e pessoais. Se planeje para vender sempre mais e melhor, não se conforme nunca com os seus resultados, você sempre pode mais do que imagina. Esteja sempre disposto a aprender, você nunca terá todo o conhecimento necessário pois estamos em constante aprendizado. Mude suas estratégias quando sentir necessidade mas nunca desista dos seus sonhos. Você é o único responsável pelos seus resultados. Vendedor. Tem profissão melhor?

Escrito por Grazy Guaspari,
Empresária, dedicada ao aperfeiçoamento e à capacitação profissional de
líderes e palestrante nas áreas de Gestão, Motivação e Liderança.