Olá!

Hoje falarei sobre um assunto, que posso afirmar categoricamente, que conheço muito, se não por qualidade deste conhecimento é por quantidade, pois trabalho com vendas desde os meus 20 anos.
Durante mais de vinte anos trabalhei com venda de carros, com publicidade, venda de cursos, venda de apartamentos, venda de ingressos para shows, etc.
Mas o que vou falar agora não é sobre esta experiência em vendas, mas é sobre a experiência de vendas em tempo de crise, que parece ser este o momento que estamos vivendo, afinal de contas, tanto na televisão, rádio, internet ou jornal que se leia não se fala em outra coisa. Confesso a vocês, acredito que a mídia está passando dos limites, daqui a pouco a crise vai estar maior ainda porque só se fala nisso e até quem não está em crise vai se aproveitar do momento para dizer que está na pior, e  tentar tirar proveito ganancioso deste momento.

Bem, mas vamos ao título deste post: VENDAS, TÁ NA HORA!. Não tenho dúvidas que este é o momento do vendedor, este é o momento das vendas, porque ali na frente quando tivermos novamente um crescimento, e se Deus quiser isto vai ser rápido, aquele que neste momento se dedicar as vendas e cuidar de perto do seu cliente é o que vai sobreviver, e mais do que isso, aparecer mais forte ainda no novo momento. Talvez vocês estejam pensando – tudo bem nós sabemos que precisamos vender – é muito fácil dizer: precisa vender mais, precisa se adequar ao mercado. Mas o mercado não está comprando, como vamos fazer para vender?

Bem, a minha primeira resposta será a seguinte, o mercado está comprando sim, talvez esteja comprando menos, mas ele continua comprando, e todas as estimativas que estamos vendo, pelo menos no comércio, as vendas não caíram mais do que 10% em média, isto é sinal de que tem gente comprando. E o que o vendedor precisa fazer então para conseguir vender? Vamos lá, eu que trabalho desde os meus 14 anos e não pretendo parar tão cedo, vou dar 03 dicas simples, mas muito simples mesmo. Porém, se levadas a sério, tenho a certeza que vai ajudar muito o vendedor neste momento.

TRABALHE MAIS – isso mesmo, você pode pensar: mas já trabalho muito! Mas não tem saída, pois neste momento aqueles que trabalham mais vão ter mais chances de manter seu patamar de vendas. Tem que visitar mais clientes, se a sua venda é por telefone, ligue mais, relacione-se mais com seus clientes, seja participando de reuniões do setor, happy hour, feiras etc. O importante é ficar mais próximo do seu cliente, saber mais do que ele precisa e de que forma você pode colaborar com ele.

COOPERE MAIS – Neste momento todos estão tentando se adequar, veja como você e sua empresa podem cooperar mais com seu cliente, se é aumentando o prazo ou oferecendo mais rapidez na entrega. Não se pode em momento algum pensar em faturar o cliente, pois o faturamento virá a partir do momento em que o cliente sentir você mais cooperativo. Lembre-se de uma frase antiga, mas para mim muito verdadeira: São nas horas difíceis que conhecemos os verdadeiros amigos.

PLANEJAMENTO – Mais do que nunca este momento requer muito planejamento. Sempre antes de sair para visitar o seu cliente, prepare-se muito, para não chegar na frente daquele comprador, que você levou um tempo para marcar uma visita, e não estar bem preparado para atendê-lo. Pense bem no consumidor, na sua concorrência, no que vai oferecer, no seu preço. Não esqueça: para um bom vendedor planejamento é tudo.

Para encerrar quero deixar bem claro uma coisa que coloquei lá no início, por maior que seja a crise, vendas vão continuar existindo. Basta você fazer com que você seja o vendedor. Prepare-se! O vendedor melhor preparado sempre foi muito bem em todas as crises.
Portanto, está aí mais uma grande chance de você fazer a diferença, pois agora é a sua hora. Vendas, tá na hora!

Por Adauri Silveira,
Diretor | Ampla Brasil